domingo, 17 de junho de 2012

Reclamar. Será que compensa?

Passar os nossos dias reclamando às vezes é uma das coisas mais cruéis que podemos fazer com nós mesmos. É triste quando caímos na real e vemos que a nossa vida é tão boa! Estranho isso? Não.

O que digo é que passamos tanto tempo reclamando de nossa vida, sem perceber, que quando vemos tudo de bom que há nela, muito já se passou e ótimas oportunidades de sorrir tranquilamente já se perderam. Fechamos os nossos olhos àquilo de bom que existe em nossos dias e olhamos apenas para aquilo que queremos, no caso, o que nos incomoda. Não conseguimos sequer perceber que há tanta gente com reais sofrimentos, que se levantássemos do nosso sofá e fossemos ajudar seríamos pessoas muito mais felizes e melhores. Mas não percebemos o quanto somos felizes e isso é lamentável.

Reclamamos de nosso emprego, de nossa família, de nosso relacionamento e de nossa aparência. Tudo se torna motivo de depreciação. É triste saber que muitas vezes é assim. Eu mesmo já fiz tanto isso! Esse texto é resultado de uma reflexão e tomada de decisão a tornar a olhar a vida com bons olhos. Agora pare e pense se você também não está perdendo oportunidades de ser feliz por conta de olhar apenas para aquilo que lhe incomoda e pode ser minúsculo.

Precisamos tomar cuidado para que isso não torne a nossa vida algo medíocre e necessária de arrependimentos e lágrimas, desta vez verdadeiras, por conta de não termos vivido bem enquanto tivemos a oportunidade. Viva agora, viva o agora e viva sabendo que nada é pra sempre. Sendo assim, aproveite e ame; e se ame. Isso fará com que você veja que tudo é melhor, bem melhor que nós pensamos que seja.
Níkolas Medson

Nenhum comentário:

Postar um comentário